Ao vivo, jornalista da GloboNews rebate Bolsonaro: “Não vamos calar a boca”

O apresentador José Roberto Burnier, da GloboNews, respondeu, nesta terça-feira (5), o pedido do presidente Jair Bolsonaro para que jornalistas se calassem. Burnier mandou diretamente um recado ao presidente, e outros profissionais também iniciaram um movimento nas redes sociais.

“Nós não vamos calar a boca”, disse Burnier, ao encerrar a edição das 10h do Jornal da GloboNews. “Nós todos nos solidarizamos com nossos colegas jornalistas de Brasília que estão sendo diariamente achincalhados pelo presidente da República e pelos seus seguidores”, disse o jornalista.

Nesta manhã, Bolsonaro atacou mais uma vez a Folha de S. Paulo, que criticou a nova nomeação do presidente para a Polícia Federal, que foi do assessor de Alexandre Ramagem. Ramagem é amigo próximo da família Bolsonaro e sua nomeação para o cargo foi barrada. Ao falar sobre o assunto, o presidente mandou os jornalistas “calarem a boca”.

Outros jornalistas se manifestaram nas redes sociais através da tag #EuNãoMeCalo. Fábio Pannunzio, assim como Carla Vilhena, fizeram posts divulgando a hashtag. “A mim você não cala”, disse Pannunzio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui