Foto Reprodução: © Reprodução

O advogado Hélio Ferraz foi nomeado secretário-adjunto na Secretaria Especial da Cultura, o segundo cargo mais importante abaixo daquele de Mario Frias.

A nomeação, antecipada pela Folha e publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (15), é assinada pelo ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos.
Além de ter sido produtor-executivo do game show A Melhor Viagem, apresentado por Frias na RedeTV!, Ferraz também atuou, como advogado, na área de direito da família e em grupos de apoio à causa da adoção.

No fim de 2019, antes de Frias assumir a Secretaria, ele, o deputado bolsonarista Daniel Freitas, do PSL, e o agora dirigente da Cultura gravaram um vídeo com Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, em que ela chama atenção para a causa da adoção.

Segundo relatos, naquela ocasião Frias estava na capital federal numa peregrinação para pleitear patrocínios do governo para um projeto de game, ainda sem pretensões de assumir a Secretaria Especial da Cultura.

Ferraz já ocupava um cargo na gestão de Frias, de diretor do Departamento de Políticas Audiovisuais da Secretaria Nacional do Audiovisual. Ele tem sido um dos responsáveis por lidar com a Cinemateca Brasileira, em profunda crise.

No ano passado, Ferraz acompanhou a Polícia Federal em uma operação na Cinemateca, com o intuito de assumir as chaves da instituição e de colocá-la sob tutela direta do governo federal –antes disso, ela era gerida por uma organização social.

A nomeação acontece pouco mais de duas semanas depois da desoneração da antiga ocupante do cargo, Andrea Abrão Paes Leme.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui