Localizada nas Astúrias mulher desaparecida há 25 anos

Localizada nas Astúrias mulher desaparecida há 25 anos
Foto Reprodução: © Getty Images

A polícia das Astúrias resgatou, no passado sábado, uma mulher com cerca de 70 anos, cujo desaparecimento foi comunicado há 25 anos.

As autoridades foram alertadas para o facto de Eva, como ficou conhecida na região de La Fresneda, não ser vista nas imediações do local onde habitava durante vários dias.

Perante o alerta, meios policiais e a uma ambulância foram encaminhados para o local e perceberam que a casa estava trancada por dentro, o que sugeria que a mulher estivesse no interior.

Os agentes da polícia tentaram então forçar as janelas e, já no interior, encontraram Eva consciente, sentada no chão, incapaz de se mover, desorientada e apresentando um quadro de desidratação aguda.

A mulher foi de imediato assistida pela equipa de emergência pré-hospitalar e transferida para uma unidade de saúde, com prognóstico reservado.

Durante a ação, a polícia tentou obter indicações da mulher quanto à sua identidade, mas sem sucesso, pelo que foi aberta uma investigação para apurar se a vítima teria familiares próximos.

A Polícia Local de Siero conseguiu então apurar a verdadeira identidade da mulher, que tinha sido dada como desaparecida em 1995. Ao longo de 25 anos, os familiares chegaram a pensar que a mulher estivesse morta, nomeadamente depois de um corpo ter dado à Costa Cantábrica, mas testes de ADN descartaram essa hipótese.

A família já foi entretanto contactada e os familiares já se deslocaram à localidade onde a mulher foi encontrada, aproveitando para deixar um agradecimento à polícia pela assistência prestada, indica o El Periódico.