Foto Reprodução: © Reprodução CNN

Agnes Velasquez passou os últimos dez dias na unidade de terapia intensiva (UTI), onde a filha de 15 anos está internada, depois da Covid-19 ter afetado de forma muito grave o sistema respiratório.

Numa videochamada à CNN, a mãe falou a partir do hospital, na Flórida, onde detalhou a luta da sua filha Pauline, e deixou uma mensagem ao governador daquele estado, Ron DeSantis. “O governador devia encorajar as pessoas a se vacinarem, a usar máscaras e a seguir as regras”, disse.

O apelo da mãe deve-se ao fato de o estado da Flórida ter aliviado algumas restrições contra o novo coronavírus, entre elas o uso de máscara.

Agnes relembrou que o vírus também pode afetar os mais jovens, e que o exemplo da sua filha deveria servir de alerta.

“Ela disse que me amava”, respondeu a mãe, ao relembrar a última coisa que a filha lhe disse, antes de ser entubada. Segura de que Pauline a consegue ouvir, Agnes diz que estará ali com ela o tempo que for preciso para lhe dizer para lutar pela vida.

Recorde-se que os Estados Unidos são o país mais afetado do mundo em termos de mortes e casos, com 611.801 mortes para 34.672.829 casos, segundo o levantamento realizado pela Universidade Johns Hopkins.

Siga o PB24horas Instagram

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui