Foto: Reprodução

O médico intensivista Artur Milach, que atua como coordenador de UTI-covid em dois hospitais do Recife: o Hospital de Referência Unidade Boa Viagem Covid-19 e o Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa, afirmou que vários jovens têm chegado em estado grave após terem utilizado o “kit covid de tratamento precoce”.

“O perfil de paciente jovem que está chegando é muito grave. É isso que está nos assustando. Muito parecido com alguns idosos que chegavam, entravam em insuficiência respiratória, precisavam de um consumo de oxigênio grande até serem intubados”, relata o médico.

De acordo com ele, “muitos dos jovens que chegam contam terem utilizado o ‘kit covid de tratamento precoce’, defendido pelo governo federal, mas que não possui eficácia no combate à covid-19”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui