Foto Reprodução: G1

Uma mulher de 27 anos buscou o Hospital Raimunda Francisca Dinelli da Silva, no município de Maués (AM), em trabalho de parto prematuro. Ela acreditava que estava grávida de gêmeos, mas a surpresa veio na hora do parto. Um terceiro bebê, que não foi visto em exames anteriores, também nasceu.

O relato foi feito pelo médico responsável pelo parto, Alexandre Ribeiro. As fotos publicadas por ele nas redes sociais, no dia do parto, no dia 12 deste mês, repercutiram na cidade.

“Essa paciente chegou em trabalho de parto prematuro. Ela estava no oitavo mês de gestação. Todo mundo esperava que era uma gestação de gêmeos. Teve uma ultrassom que um colega fez indicando que eram apenas duas crianças. Para a surpresa de toda a equipe e até mesmo para a mãe, na verdade não eram duas. Eram três”, disse o médico.

Ribeiro informou que, apesar do fator surpresa, o parto feito por cesárea ocorreu sem nenhuma complicação. A mãe e as três crianças ainda ficaram internadas por mais dois dias no hospital do município, mas precisaram ser transferidas para Manaus.

“Como nenhum município tem ‘banco de leite’, elas precisaram ser transferidas para Manaus para seguirem o tratamento. Depois disso, eu ainda não tive mais notícias dela. Foi uma mistura de surpresa e ao mesmo tempo de satisfação. Durante o tempo que ela ficou aqui, a população se sensibilizou e houve muitas doações para eles”, informou Ribeiro.

Esse foi o primeiro parto de trigêmeos feito no Hospital Raimunda Francisca Dinelli da Silva, em Maués, desde sua inauguração, há 11 anos, segundo o médico Alexandre Ribeiro. “Descobrimos que, há 35 anos atrás, teve um parto de trigêmeos aqui no município, mas foi em um parto realizado em casa”, contou.


Mãe já havia perdido filho por complicações em outra gestação

Enquanto estava internada no hospital de Maués, a mãe dos trigêmeos contou uma história que emocionou a equipe médica. Ribeiro lembra que ela relatou que havia ficado grávida em 2020, mas perdeu o filho logo depois da gestação por complicações no parto.

“O bebê dela, infelizmente veio a óbito. Ela teve uma complicação que não sabemos o que aconteceu porque não sabemos por qual motivo não procurou o hospital, mas teve essa complicação que o bebê nasceu, mas infelizmente não sobreviveu. Para a surpresa dela, Deus agraciou ela com três agora”, comentou.

O G1 entrou em contato com a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) para saber para qual unidade de saúde em Manaus a mãe e os bebês foram transferidos e o estado de saúde deles, mas ainda aguarda resposta.

Siga o PB24horas Instagram

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui