Foto Reprodução: Jornal do Comércio

Na madrugada deste sábado (12) morreu em Brasília o ex-vice-presidente da República, Marco Maciel. Ele encontrava-se internado em um hospital do Distrito Federal, em decorrência de complicações causadas pelo mal de Alzheimer. Ele será sepultado em Brasília em uma cerimônia restrita para a família, por causa da pandemia do novo coronavírus. Marco Maciel deixa a esposa Anna Maria e três filhos.

Advogado e professor, Marco Maciel foi deputado, governador de Pernambuco, senador, ministro-chefe do Gabinete Civil da Presidência da República e vice-presidente da República de 1995 a 2003, no governo Fernando Henrique Cardoso.

O ex-governador de Pernambuco, Gustavo Krause, expressou seu pesar com a morte de Marco Maciel. “Mais uma dor, mais uma perda, mais um sofrimento que acomete todos nós e que nos põe diante do mistério da existência humana. Foi-se a referência e fica o exemplo renovado pelo amor/amigo. Disse em vida o que ele representou para mim: O SER HUMANO MENOS IMPERFEITO COM QUEM CONVIVI CINCO DÉCADAS. Como afirmou afirmou Anchieta Hélcias: FOI PARA A MORADA DE DEUS, O SEU GRANDE AMIGO”, escreveu,

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui