Foto: Reprodução

Um levantamento feito com base nos últimos volumes registrados em açudes localizados na Paraíba mostra que o estado terminou o primeiro trimestre de 2020 com 28 açudes sangrando, 27 a mais do que no início de janeiro deste ano, quando apenas um reservatório havia sangrado. Os dados são da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), responsável pelo monitoramento de 134 mananciais.

Ainda conforme os volumes extraídos do site da instituição nesta quinta-feira (2), 13 açudes estão em situação crítica, com menos de 5% da capacidade total, 20 a menos do que o registrado no começo do ano.

O estado possui ainda 66 reservatórios com capacidade superior a 20% da capacidade total e outros 27 em observação, com menos de 20% da capacidade.

Situação hídrica dos açudes melhora após chuvas na PB
A situação hídrica dos volumes da Paraíba melhorou após fortes chuvas que caíram em todas as regiões do estado entre os meses de janeiro e março deste ano, a exemplo do Sertão, que em um dia registrou mais de 80 mm de chuva.

De acordo com a Aesa, os períodos chuvosos da Paraíba ocorrem geralmente no primeiro semestre do ano, dependendo da região. Segundo a meteorologista Marle Bandeira, a previsão do tempo para o primeiro trimestre de 2020 favoreceu e continuará favorecendo a ocorrência de chuvas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui