Presidente afirmou que na segunda-feira nomeará novo diretor da Polícia Federal.

segunda-feira nomeará novo diretor da Polícia Federal

O presidente Jair Bolsonaro foi à rampa do Palácio do Planalto neste domingo 3 falar com seus apoiadores. Uma multidão se aglomerava diante grades de proteção, muitas sem qualquer proteção, segurando bandeiras e proferindo palavras de ordem, como “a nossa bandeira jamais será vermelha” e “quem não pula é comunista”.

O presidente também apareceu sem máscara, não respeitou o distanciamento social e pegou crianças no colo para tirar fotos, novamente infringindo as orientações sanitárias em meio à pandemia do coronavírus.

– Palácio do Planalto (03/05/2020).

Posted by Jair Messias Bolsonaro on Sunday, May 3, 2020

Bolsonaro se referiu à manifestação como um “movimento espontâneo”. “Na certeza que o povo está ao lado da verdade, do desenvolvimento, da democracia e da honestidade também. Como eu tenho dito, o Executivo está unido. Peço a Deus que não tenhamos mais problema esta semana, pois chegamos no limite, não tem mais conversa. Daqui pra frente, não só exigiremos, como faremos cumprir a Constituição. Ela será cumprida a qualquer preço. E ela tem dupla mão, não é mão de uma lado só não. Amanhã nomeamos o novo diretor da Polícia Federal e o Brasil segue seu rumo”, declarou.

Nos últimos dias, Bolsonaro tentou nomear Alexandre Ramagem, amigo de sua família, para a direção-geral da PF, no lugar de Maurício Valeixo. A posse, porém, foi barrada por decisão do ministro do Supremo Alexandre de Moraes, que citou as acusações feitas por Moro ao sair do governo. Há diversas investigações da PF de interesse de aliados e dos filhos do presidente.

Veja Também: