Mulher se desespera com assalto em João Pessoa e derruba muro de casa ao tentar fugir

Cena foi registrada por câmeras de segurança. Dupla anuncia o assalto, vítima tenta fugir de ré e se choca em muro. Ainda assim, ela não conseguiu evitar o roubo.

Mulher se desespera com assalto em João Pessoa e derruba muro de casa ao tentar fugir
Foto Reprodução: TV Cabo Branco

Uma mulher se desesperou durante uma tentativa de assalto e, no momento em que tentava fugir dos bandidos, perdeu o controle do carro e acabou derrubando o muro de uma casa no bairro de Brisamar, em João Pessoa. Ainda assim, ela não conseguiu evitar o assalto. Os homens tomaram um aparelho celular dela e fugiram em seguida. A ação foi flagrada por câmeras de segurança instaladas na rua.

O assalto foi realizado na tarde dessa terça-feira (8), mas as imagens só foram conhecidas no fim da noite. A vítima é moradora do bairro, mas não da rua específica onde a ação foi registrada. Ela estava em companhia da mãe e havia parado o carro para atender o celular quando houve a abordagem. Eram dois homens em outro carro. O motorista parou ao lado do veículo da vítima e um segundo homem desceu para anunciar o assalto.

Com o susto, a mulher engatou a ré, com a intenção de fugir. Mas perdeu o controle, subiu a calçada e bateu no muro de uma residência, derrubando-o. Nesse momento, o homem armado chegou até ela, pegu o celular e entrou no carro de fuga. A mulher ainda acelerou para frente, bateu no carro dos bandidos, mas eles conseguiram fugir.

Um terceiro carro ainda acabou sendo envolvido na batida no momento em que os ladrões deixavam o local em alta velocidade.

O dono da casa atingida, o comerciante Eduardo Trigueiro, disse em entrevista à TV Cabo Branco que teve um susto tremendo. Ele comentou que no momento estava acompanhando os filhos nas aulas remotas, quando escutou o barulho, alto.

Eduardo, inclusive, classificou como sendo uma “providência” as aulas estarem acontecendo naquele exato momento. Isso porque o muro derrubado foi arremessado ao longo do pátio de sua casa, local onde os filhos costumam brincar quando não estão em aula. Ele comentou também que vai precisar trocar o muro, o portão eletrônico e a cerca elétrica, mas disse que isso era o de menos, visto que nem a sua família nem as mulheres assaltadas saíram feridas.

A polícia foi acionada, mas ninguém foi preso até o momento.