Foto Reprodução: Handout / Russian Emergencies Ministry / AFP

Cirurgiões russos realizaram uma façanha nesta sexta-feira (2) ao terminarem uma cirurgia cardíaca de peito aberto em um hospital em chamas em Blagoveshchensk, uma cidade no extremo leste da Rússia.

“Não podíamos interromper a operação. Tínhamos que salvar essa pessoa e fizemos tudo no mais alto nível. A operação foi concluída completamente e sem dificuldades”, declarou o cirurgião Valentin Filatov ao canal de televisão Rossiya 24.

Esta manhã, um incêndio começou na clínica cardiológica de Blagoveshchensk, forçando a evacuação do estabelecimento. Mas os cirurgiões que estavam trabalhando decidiram ficar até o fim da operação de peito aberto.

“Não houve momento de pânico”, declarou a enfermeira Antonina Smolina, da equipe cirúrgica.

Para continuar operando, os cirurgiões instalaram um cabo elétrico do exterior e ventiladores para evacuar a fumaça, informaram as equipes de resgate.

“O controle do incêndio foi complicado pelo fato de que (…) o fogo estava ativo em toda a superfície, ou seja, 1.600 metros quadrados”, explicou Konstantin Rybalko, vice-diretor do Serviço de Situações de Emergência da região.

Após a operação, a equipe médica deixou o local em chamas e o paciente foi transferido para outro hospital da cidade.

O fogo foi finalmente controlado sem nenhuma vítima.

As autoridades municipais anunciaram que vão homenagear a equipe médica e os bombeiros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui