5 dicas de especialistas para aumentar a concentração nos estudos a distância

A televisão, o video game e a geladeira cheia de guloseimas. Esses são apenas algumas das tentações com as quais quem estuda ou trabalha em casa tem que lidar. Basta alguns minutos de distração para que algumas horas produtivas sejam perdidas.

Em tempos de quarentena, muitas pessoas estão tendo suas primeiras experiências de estudo a distância. Saber como aumentar a concentração ao estudar em casa é fundamental para ter sucesso. Porém, essa pode ser uma tarefa difícil se você não conhecer os atalhos para se manter focado no que está fazendo.

Quais são os conselhos que os especialistas têm para você com relação a esse tema? Separamos aqui algumas dicas que podem ajudá-lo(a) a obter resultados mais interessantes nos estudos em casa.

Divida o tempo de estudo em pequenos blocos

Por mais que você goste de um assunto, dificilmente você conseguirá se manter concentrado nele por mais de uma hora. É por essa razão que uma boa estratégia nos estudos em casa é dividir o tempo em blocos menores. Por exemplo: se você pretende estudar durante três horas, divida esse período em três tempos de 50 minutos, com intervalos de dez minutos entre cada um deles.

Divida o tempo de estudo

Você pode usar o cronômetro do seu smartphone para marcar o tempo. Após os 50 minutos, levante-se, vá ao banheiro, tome água ou alongue-se. Isso ajudará você a consolidar as informações que acabou de estudar e permitirá que você retome os estudos mais concentrado e menos cansado.

Varie a sua forma de estudar

Outra maneira de aumentar a sua atenção sobre um tema é dividir o tempo que você tem no dia entre atividades diferentes. Por exemplo, se serão quatro horas de estudo, use duas horas para cada matéria. Se o tema for um só, alterne a forma de estudo.

Você pode dedicar uma hora para assistir às aulas, uma hora para ler os livros e outras duas horas para fazer exercícios. Alternar o tipo de atividade ajuda a tornar o estudo menos cansativo e, consequentemente, o resultado é que você consegue fixar mais conteúdo.

Tem um conteúdo que você gosta menos? Comece por ele. Você estará menos cansado e poderá prestar mais atenção aos detalhes.

Elimine as distrações do ambiente

Como mencionamos no início, é difícil resistir a certas tentações, ainda mais estando em casa. Por isso, você precisa se certificar de que elas estão distantes de você. Estudar com a TV ligada, por exemplo, é garantia de que as coisas não darão certo. Se não estiver no computador, desligue-o. A mesma regra vale para o celular.

Elimine as distrações do ambiente

Avise os seus amigos e familiares sobre os seus horários de estudo. Por exemplo, das 14h às 18h você não estará disponível para conversar. Isso permitirá que as pessoas se habituem à sua rotina, o que certamente o tornará mais produtivo.

Crie uma rotina de estudos

Estudar de maneira concentrada é uma questão de hábito: quanto mais você pratica, mais terá facilidade de desenvolver. Criar uma rotina de estudos é uma das formas de tornar esse processo mais simples. Pense nas suas noites de sono: se você dorme e acorda todos os dias no mesmo horário, certamente fica muito mais fácil se habituar ao padrão, não é mesmo?

A mesma coisa acontece nos estudos. Ter horários fixos para estudar é muito mais produtivo do que fazer ter aulas cada dia em um período diferente. O cérebro precisa de um certo tempo para se habituar. Especialistas dizem que esse tempo varia de 7 a 21 dias. Portanto, é natural que no começo seja mais difícil, mas depois de um certo tempo tudo pode se tornar mais simples.

Música e estudo combinam? Depende

Muitas pessoas gostam de colocar fones de ouvido e ouvir música enquanto estudam. Embora essa possa ser considerada uma distração, especialistas divergem na sua eficácia: para alguns estudantes funciona, para outros não. O fato é que essa é uma característica que deve ser testada por cada um.

Música e estudo combinam?

Se você faz questão de que tenha música no ambiente enquanto você estuda, opte por músicas instrumentais ou que sejam cantadas em um idioma que você não compreenda. Isso porque quando conhecemos as letras tendemos a prestar atenção nelas, colocando os estudos em segundo plano. Na dúvida, prefira um ambiente tranquilo e silencioso.

Estar preparado para o ensino a distância é uma necessidade cada vez mais recorrente para alunos e professores. Ter um PC atualizado e adequado para acesso à internet e o uso de softwares com melhor desempenho é fundamental para obter produtividade e melhores resultados. Invista na sua qualificação e garanta mais agilidade nas suas aulas.

Destaques:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui